Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Uma música que penetra
E na direção mais reta
Nas profundezas do peito
Que traz de volta o passado
Nostalgia num coração apaixonado
Que emociona e não tem jeito

É o que estou fazendo agora
Porque o coração implora
E quer mergulhar na saudade
No ne possible não chorar
Vós feminina a cantar
Lagrimas da pura realidade

Do passado que não volta
Garganta sufoca e não solta
Aquele grito agudo de dor
Dio como ti amo
Ingrata morena eu te chamo
Preciso tanto do teu amor!

Escrito as 17:23 hrs., de 17/05/2017 por
Nelson Ricardo

Exibições: 5

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço