Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


A coisa não é fácil não
Apanhar do algoz da solidão
E clamar a ausência dela
A solidão que corrói
De dia e de noite dói
Eu amo a solidão tão bela

De manhã ela bate a porta
Vira no calcanhar e volta
Para me dar mais um beijinho
A solidão é uma tchutchuca linda
Que o nosso romance não finda
E o que nos une é o carinho

Que cada um tem pra dar
A gente vive a namorar
Tanto de noite como de dia
Já mais viverei sem Solidão
Formamos um só coração
Grudados com amor e alegria!

Escrito as 11:21 hrs., de 05/10/2017 por
Nelson Ricardo

Exibições: 2

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço