Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


O meu olho turvava
Quando aquele navio cruzava
A ponta do arpoador
Eu vi a moça na janela
Por Deus que reconheci a bela
Era a deusa meu grande amor

Que vinha vindo pra ficar
E na hora de atracar
A beira quase que caio
Quando ela desceu a rampa
Toda vestida na estampa
No calor de mês de maio

Chegando então de Paris
O momento mais feliz
O ponto alto da felicidade
De um encontro pra ficar
Pra gente poder se amar
Em fim para a eternidade!

Escrito as 14:53 hrs., de 07/05/2018 por
Nelson Ricardo Ávila

Exibições: 9

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

Contribua com o site doando qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço