Estou abrindo a tela
Pra ver se falo com ela
Que está do outro lado
Da minha imaginação
Eu vivo sempre na ilusão
De seresteiro deslumbrado

Que no mundo do abandono
Na madrugada sem sono
Sonhando acordado com ela
Num lindo flerte de paixão
De longe vem uma canção
Toca a campainha na cancela

Por quem responde aos meus apelos
Trato ela com tantos zelos
Choro então que nem criança
Fui atendido por Deus
Hoje ela mora nos braços meus
Quem espera sempre alcança!

Escrito as 09:07 hrs., de 07/04/2017 por
Nelson Ricardo

Exibições: 2

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Novidade : Click no botão abaixo...

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço