Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


A coisa vai andando
E eu fico pensando
Será que estou certo
Ou no caminho errado
Vivo um pouco atrapalhado
Mas quero estar sempre por perto

De quem dá-me a atenção
Sou escravo da paixão
Pela morena que me toca
O que eu falo por favor, marque
Vamos passear de carro, embarque
Sentiremos o cheirinho da pipoca

Lá no Parque da Redenção
Ouvir o pulsar do seu coração
Que eu sinto cá no meu peito
Nas ruas de Porto eu corro
Se perder-te eu sei que morro
De amor que não tem jeito!

Escrito as 18:57 hrs., de 14/05/2018 por
Nelson Ricardo Ávila

Exibições: 28

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço