Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

No meio do nada

No vazio da vida, quando a esperança estava perdida, o coração despido de amor, a alma cheia de dor
No meio do nada, caminhando a ermo, com olhar perdido, encontrei você que esbarrou no meu silêncio, penetrou no fundo do meu interior e arrancou a erva daninha chamada solidão
No meio do nada, encontrei meu tudo, meu mundo colorido, de afagos e sorrisos, de amor e alegria
Quando eu deixei-me cair no abismo mais angustiante de um ser, você surgiu do nada, sem nada exigir, sem nada dizer e transformou meu desespero em calmaria, trouxe-me esperança e alegria
Enxugou minhas lágrimas e plantou em meu coração a semente da nova vida nascida do seu olhar.

Reny Lima
11/06/17

Exibições: 5

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes


Autor
Comentário de Katia teles em 16 junho 2017 às 2:05
Olá, prazer em te ler!
Belíssimo poetar!

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

Contribua com o site doando qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço