Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


Quando tudo ta por um fio O jeito é embarcar num navio Quando nada dá certo E a urucubaca invade
O negócio é chutar o balde
Mas ficar sempre esperto

E o navio balança pra lá
E depois balança pra cá
No pavor da tempestade
Ai então eu oro pra Deus
De acordo com os sentimentos meus
Pedindo a paz e a liberdade

Quero chegar são e salvo
Que já estou ficando calvo
Minha namorada me espera
Com toda a imensa platéia
De chegar na terra européia
Ainda antes da primavera!

Escrito as 15:43 hrs., de 15/05/208 por
Nelson Ricardo Ávila

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço