Poetas Independentes

Rede Social Literária de Poetas Independentes !!!

Na varanda lá de casa
Ela não se atrasa
Para trazer-me o que quero
Um abraço e muitos beijos
E eu fico cheio de desejos
O tempo é apenas um mero

Passar das horas e dias
Depois das etrepolias
Que a gente faz na rede
Ela senta-se ao meu colo
Depois rolamos no solo
E eu mato a minha cede

Com tantos beijos molhados
Depois ficamos cansados
Pra dormir que nem gatinhos
Parecendo duas crianças
Ela é a gata mais mansa
A futura mãe dos meus filhinhos!

Escrito as 13:52 hrs., de 09/04/2018 por
Nelson Ricardo Ávila

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Contribua com o site doando qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço