Poetas Independentes

Rede Social Literária de Poetas Independentes !!!

Agora são meio dia e nove
Acho que tão sedo não chove
Ta fazendo um calouraço e tanto
Eu peço, uma música, por favor
Romântica que fale de amor
Que então eu visto meu manto

De bonzinho e carinhoso
Desses metido a gostoso
Segundo meu amigo espelho
Carrego no meu bolso direito
Um lensinho dobrado com jeito
Feito de seda e vermelho

Para enxugar as lágrimas dela
Que é e sempre será a mais bela
Outra mais linda ta pra nascer
Mais agora chega de prosa
Porque hoje eu desfolho a rosa
E mostro a ela o que é prazer!

Escrito as 12:33 hrs., de 17/06/2017 por
Nelson Ricardo

Exibições: 4

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Contribua com o site doando qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço