Fragmentos

Da alma deixo jogados, o vento se encarrega de espalhar no ar em busca do meu eu
Minha alma passeia na vasta imensidão a procura do meu coração que se perdeu na escura da noite sem lua
Fragmentos do meu ser vão sendo deixados nessa caminhada da busca incessante pela felicidade um dia perdida e não mais encontrada
Sinto no ar o cheiro das flores que de tanta tristeza murcham perdendo sua beleza e deixam cair suas pétalas por onde passo como em solidariedade ao meu pesar
Pisando nas pétalas caídas, tenho a impressão de espinhos ferindo meus pés, pelas flores que choram a solidão sentida na alma e no coração.

Reny Lima
10/05/17

Exibições: 2

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Anuncie seu Livro aqui - Clik na imagem da capa

Novidade : Click no botão abaixo...

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço