Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Minha alma poetaÉ penetrar no abismo mais profundo!É vagar por veias que aos olhos se perdem!Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!É me ver nas cores, n…

Minha alma poeta

É penetrar no abismo mais profundo!
É vagar por veias que aos olhos se perdem!
Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!
É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!
É me ver nas cores, nas fotos em fatos vividos...
Ou apenas sonhados em noites calmas ou de tormentas!
Sou como fogo, como água, como o vento,
Ou apenas restos de mágoas!
Posso ser o sorriso, a pedra ou a sola do seu sapato!
Pois sou poesia da gruta mais profunda!
Meu subconsciente!
Aquilo que jamais se falaria de corpo presente!
Sou delicada, simples e amada,
Mas sou o complicado sem termos expresso!
Sou a asa do anjo sem auréola,
Sou luz, sou escuridão!
Sou o que você vê ou deduz
De uma simples mulher de alma poeta!
Pois sou a mais precisa
Sou filha da “Rainha”
Sou filha da mãe terra!

Poetisa: San Alax

Exibições: 41

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço