Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Minha Avó já dizia:
- Idosa sim, velha não!
Meu jardim é florido,
flores, gente e risos...
Digo não a solidão.

Nostalgia...
Ela chega sem pedir licença
E sem hora marcada,
junto com ela o retrô,
vintage... época passada.

Avós, Mães,Tias, musas adoradas!
As peles eram belas e brilhantes
Rejuvenescidas, sabem por que?
Felicidade e o famoso "leite de rosas".

Penteados "Ninho de Passarinho"
Clássicos e comportados
Fios rebeldes em desalinho?
Entrava em cena o santo "laquê".

Perfumes, discretas fragrâncias
Seiva de Alfazema, almíscar
Cashmere Bouquet
Água de Flores...
Sinônimos de elegância.

Nos lábios batom vermelho envolvente
Sobrancelhas grossas e arqueadas
Por lápis preto, delineadas!
Unhas pintadas de "Rosa Rei" ou transparente.

Faces pinceladas por rouge e pó de arroz
Realçavam a beleza de fato
Não deixavam para depois!

Vestidos de chita, chiffon ou seda
Estampas delicadas, bom gosto
Caimento perfeito
Simples ou luxuosos
Realçavam-lhes a silhueta.

A graciosidade dos sapatos
Couro,camurça, verniz
Sapatinhos de boneca
Com laços de cetim
Atravessaram os tempos...

Tempos de dificuldades
Guerreiras de tantas batalhas
Nas mãos bandeiras...
Igualdade, sabedoria e liberdade!

As flores da melhor idade,
todos os dias devem ser cuidadas
Regadas com dedicação, atenção
Carinho, respeito e amizade.

Texto publicado.
Imagens web.

Exibições: 8

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço