Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


E por falar em cascata
Eu lembro daquela mulata
Que levei no meu gordini
Ela até hoje comunga
Eu enfiei uma sunga
E ela se pôs num biquíni

De baixo dos fios d’águas
Afogamos nossas mágoas
Depois armamos a rede
Como se fosse uma cama
Pra tirar uma pestana
Não sem antes matar a sede

Nos beijos da mulata
Que meu coração maltrata
Depois de mim se esqueceu
Entrou numa banda de roque
E hoje mora em Nova Iorque
O céu pra mim escureceu!

Escrito as 20:58 hrs., de 07/07/2018 por

Exibições: 7

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço