Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Um relógio sem ponteiro
Um relógio sem horário
Passa o tempo
Passa a Vida
Nunca muda o itinerário
E aos poucos vai levando
E aos poucos vai matando
Mata o tempo
Mata a horas
Vida relógio
Um problema do existir

Exibições: 24

Tags: relógio, tempo, vida

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço