Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Blog de Natália Lopes. (6)

Outonal

"Chegou
Enfim, chegou...
São tantas cores
Renovação

É mistura
Doce fissura
Folhas, flores
E pés no chão

Chegou
Sim, chegou!
Tanta beleza
A disposição

Uma fase sumiu
Então outra surgiu
Um outono de amor
E de gratidão."

- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 22:24 — Sem comentários

Distinto inverno

"O frio que assola meu peito
Internamente traz-me paz
Um pedacinho do inverno
Em gotas de quero mais

São dias diferentes
Poucos notam sua beleza
Enxergando esse mundo
Com um pouco de tristeza

Mal sabem o quão linda
Pode ser a escuridão
Nem sempre só o sol
É quem aquece o coração

Despindo o pré-conceito
Enxergarás a verdade
E verás na frieza
A beleza da tempestade."

- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 22:22 — Sem comentários

Me leva

"Vem
De fininho
Se aproxima
Me envolve

Sente
Toca
E aos poucos
Me devore

Beija
Cheira
Arranha
Me renove

Aperta
Venera
Me leva
E não devolve."

- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 22:15 — Sem comentários

Amor-próprio

Lúdico, vil
Indolente traidor
Infame, nefasto
Desprezível jogador

A venda que havia
Em ti, foste tirada
E em meio a zona viste
Quão pouco foste amada

A esta conclusão
Chegaste a livre escolha
E teve de render-se
Por mais que ainda doa

Assim uma nova chance
A ti se apresentou
O amor-próprio sorriu
Teu coração sarou."

- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 22:11 — Sem comentários

Mundo magistral

"Aqui chove sentimentos
Que aos poucos me envolvem
Aflorando em mim amor
Certo, límpido, real

A força dessa chuva
Minh'alma purifica
Fortaleza de instintos
Água torrencial

Com ela traz amores
Flores; cores; leva dores
Faz de mim mulher forte
Corajosa, especial

Ergo as mãos e agradeço
Os presentes que recebo
Dessa chuva que me mostra
Um terno mundo magistral."

- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 22:07 — Sem comentários

Visão do mundo

"Palavras me vem tão cultas
Como um misto de emoções
Tão leves em sua textura
E entregue aos corações

Aos poucos vou repassando
Da mente para o papel
E plena vou flutuando
Pelo dom que Deus me deu

Coloco-me no lugar
Daqueles que me lerão
E com os calmos trechos meus
Se identificarão

Sejam belos, espontâneos
Leves, firmes ou profundos
Os poemas que componho
São para mim, visão do mundo."
- Natália Lopes.

Adicionado por Natália Lopes. em 17 abril 2018 às 21:30 — Sem comentários

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

\uascript type="text/javascript">\udvar pageTracker = _gat._getTracker("UA-4958259-1");\udpageTracker._initData();\udpageTracker._trackPageview();\ud \ua!-- Add Message to Profile Pages --> \uascript type="text/javascript">\udx$(document).ready(function() {\udx$(".xg_widget_profiles_profile_show .xg_2col h1").after('\uadiv style="font-size:12px; background-color:#FFffFF; color:#000000; margin-top:15px; margin-bottom:15px; border:1px #333333 solid; padding:5px;" class="xg_module">\ua
\ua \ua
\ua/div>');});