Blog de NELSON RICARDO (3,216)

NADINE





Existe uma mulher encantada

Que me deixa a alma iluminada

Estrela da luz da sabedoria

Não posso viver longe dela

Extraordinária, inteligente e bela

Por ela sim eu morreria



Pra defender de qualquer perigo

Não poderia falar mas eu digo

O seu nome lindo é… Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 março 2017 às 21:10 — Sem comentários

Existe uma mulher encantada Que me deixa a alma iluminada Estrela da luz da sabedoria Não posso viver longe dela Extraordinária, inteligente e bela Por ela sim eu morreria Pra defender de qualquer pe…

Existe uma mulher encantada

Que me deixa a alma iluminada

Estrela da luz da sabedoria

Não posso viver longe dela

Extraordinária, inteligente e bela

Por ela sim eu morreria

Pra defender de qualquer perigo

Não poderia falar mas eu digo

O seu nome lindo é cultura…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 março 2017 às 21:09 — Sem comentários

A BRISA DE TESTEMUNHA



Escrevendo meu pensamento

Sem desculpa e lamento

Eu digo que deu tudo certo

Ela me recebeu novamente

A brisa de testemunha não mente

Foi tudo de coração aberto

Depois do pé na minha bunda

Peito em lágrimas se inunda

Por essa atitude sensata

Disse que agiu…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 março 2017 às 17:01 — Sem comentários

PEDIDO DE CASAMENTO

Eu vim dos canaviais

E estou nas redes sociais

Saí do fundo das gavetas

Como se fosse um truque

Estou no face book

E no Recanto das Letras

Nos poetas independentes

E nas almas dos sois nascentes

Se hoje os tempos são medonhos

E um tanto…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 março 2017 às 13:59 — Sem comentários

INÍCIO DOS TRABALHOS

E vamos iniciar os trabalhos

Procurando sempre os atalhos

Para encurtar os caminhos

E para chegar mais de pressa

Levando uma grande remessa

Dos mais sinceros carinhos

Para aquela que está no portão

Porque sei que hoje a paixão

Vai romper qualquer…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 março 2017 às 11:21 — Sem comentários

DUZENTOS E QUARENTA E CINCO

À 245 anos atrás

Essa informação me faz

Pensar na idade dela

Eu não estava por aqui ainda

Ela não morre e nunca finda

Não conheço outra tão bela

Morei na Lucas de Oliveira

Andei pela Oscar Pereira

E pela rua da Praia então

Avenida Borges de…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 25 março 2017 às 14:30 — Sem comentários

NOVE E MEIA

São nove e meia, direto

No meu simples dialeto

De português mal pronunciado

Eu escancaro a triste dor

Foi num desses mal de amor

Que eu fiquei esfacelado

Fui ao bar, bebi e caí

E agora eu estou aqui

Com meu chapeuzinho na mão

Implorando que abras a…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 25 março 2017 às 9:55 — Sem comentários

NA PRISÃO DOS TEUS BRAÇOS

À dias que não escrevo nada

Com a vida sempre ocupada

Pisei em falso, caí preso

E tu não me visitou na prisão

Me deixou na solidão

Meu crime foi teu desprezo

E num desses becos qualquer

Roubei um beijo de uma mulher

E ela me botou na cadeia

Saiu de…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 25 março 2017 às 9:07 — Sem comentários

O FRUTO SEM PECADO

E vamos lá então

Com alma e coração

Escrever a poesia que faço

Quase cochilando sentado

Num dia pra lá de nublado

De baixo de um mormaço

Pois decidi ser poeta

Eu visualizei uma seta

Que apontava a direção

Palavras de minha boca

A inspiração é sempre…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 23 março 2017 às 10:28 — Sem comentários

A POESIA NUM PEDAÇO DE PAPEL

A poesia num pedaço

De papel que eu faço

Com lápis ou caneta

Até em cima do joelho

Pode ser lápis vermelho

Ou no sofá da saleta

A espera de ser chamado

Preciso estar empregado

Para o pão de cada dia

A mulher e quatro filhos

Haja rosca de…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 23 março 2017 às 9:21 — Sem comentários

DA ERA DOS MORTAIS

Se eu já andei pelas matas

Mananciais e cascatas

Desse mundo de meu deus

E vi a macaca nas galhas

O canto estridente das gralhas

Hoje guardo os paços meus

Destes pés de um casca grossa

A quem interessar possa

Sou do mundo dos mortais

E não vou ficar pra…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 22 março 2017 às 10:57 — Sem comentários

A MOÇA DAS ÁGUAS DE JÚPITER

O barquinho movido a remos

Que navega pelos extremos

Das águas de um grande planeta

Dentro dele a moça do salto

Em Júpiter não tem asfalto

Mas tem os bebes de proveta

O que é isso, estou sonhando

E quem está me tocando

Com suas mãos delicadas

Apalpando…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 22 março 2017 às 9:49 — Sem comentários

HOJE TEM BOEMIA

Hoje tem boemia

Mas, voltando à poesia

Hoje tem boemia

Ao som de uma milonga

Este pobre seresteiro

Esperou o dia inteiro

E sabe que a noite é longa

Pois na febre de uma paixão

Um determinado coração

Impulsiona o impossível

Sou apaixonado e não…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 21 março 2017 às 19:16 — Sem comentários

O ANJO DO BANJO

Até que em fim o recomeço

O verdadeiro endereço

Da poesia sim senhor

Eu sou do mundo do tudo

Às vezes me faço de mudo

E em outras, sou falador

E penso no mundo do nada

O da mata orvalhada

De onde o homem não gosta

Ele prefere a cidade

Eu vou em busca da…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 21 março 2017 às 18:13 — Sem comentários

TEMAS PARA UM POEMA

Uma imagem espetacular

Que se possa visualizar

Pelo menos na imaginação

Aquele belo por do sol

E o colorido do lençol

Mas também o violão

Nas mãos de um tocador

Que cantando músicas de amor

Para os dançantes no salão

Eu com minha namorada

Numa noite…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 21 março 2017 às 8:32 — Sem comentários

CARNE FRACA

Se o mundo está em rebuliço

Eu me preocupo com isso

Já me disseram que a carne é fraca

E compromete o presunto

Então eu pergunto

Se a culpe é do homem ou da vaca

Problemas à parte

O que me interessa é a arte

A tinta posta no papel

Eu vivo aqui dando…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 março 2017 às 18:54 — Sem comentários

UM FILETE DE LUZ

Que coisa linda que é

Quando tu retiras o chalé

Mostrando teus seios fartos

E despe o teu corpo inteiro

Nós dois em um só travesseiro

Em cama de casal em um dos quartos

E eu me afundo nos particulares

Já cansado das mesas dos bares

E das madrugadas sem fim…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 março 2017 às 15:37 — Sem comentários

MUNDO DE PAZ

É hora de resolver os problemas

Escrever todos os poemas

Para os livros da história

Dar água aos passarinhos

E destilar todos os carinhos

Atingindo os píncaros da glória

Por um mundo sem violência

E reescrever a existência

Num universo de civilizações

Sem…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 março 2017 às 9:46 — Sem comentários

A RAINHA DA RAIA

Surra de toalha molhada

É o que levei da namorada

Por eu ser muito relaxado

Deixo em cima da cama

Tenho a mulher que me ama

Por quem sou apaixonado

Faço tudo o que ela manda

Tomo banho com lavanda

E sabonete de pitanga

Ela é a rainha da raia

Meio dia vem da praia

De top lês e de canga

Só bate em mim com carinho

Depois me dá um beijinho

Abrindo sorriso em flor

Me arrasta pra cama

Dizendo que me ama

E…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 19 março 2017 às 15:32 — Sem comentários

NA ESTRADA DO DESPRAZER

Tanto remédio pra dor

Mas somente o amor

Cura qualquer mal

Um espinho no pé

Uma falta de fé

Tira a gente do hospital

Levando de volta ao lar

Eu quero confessar

Que tenho uma maldita dor

Corroendo meu coração

Feito fogo da paixão

Outro dia o…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 19 março 2017 às 12:33 — Sem comentários

Arquivos mensais

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Novidade : Click no botão abaixo...

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço