Blog de NELSON RICARDO (3,705)

SE DESPETALANDO COMO FLOR



E vai começar a viagem

Por algumas estalagens

Por esse mundo de Deus

Nas asas de um passarinho

Andarei sempre sozinho

Com os pensamentos meus

Quero deixar a solidão

Abrir a porta do meu coração

Pra receber uma visita

Quem sabe um anjo bom

Com…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 janeiro 2018 às 9:37 — Sem comentários

TEMPRA DEGAÚCHO



Gaúcho levanta cedo

Enfrenta a luta sem medo

De espada firme na mão

Bombacha e lenço colorado

Anda sempre pilchado

E não larga seu chimarrão

É bem assim que sou

O patrão velho destinou

Pra que eu agüente o repuxo

No trabalho e na peleia

Nunca soube o que…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 janeiro 2018 às 6:40 — Sem comentários

O PAPEL DA REALIDADE

Se sou poeta é porque escrevo

Coisas de alto relevo

No papel da realidade

Sobre o tapete vermelho

No quarto tem um espelho

Para a rainha da felicidade

Retocar sua maquiagem

Vamos zarpar em viagem

No navio da Corbelândia

Que parte na madrugada

Durante a…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 janeiro 2018 às 18:49 — Sem comentários

NO RINCÃO DA CARRASQUEIRA



Quando você sorriu pra mim

Bebi mais um gole de gim

E copo e meio de coca cola

Já no final de uma manhã

Tomei um sorvete de avelã

E afinei as cordas da viola

Vou te fazer serenata

Essa paixão quase me mata

Não sei mais o que fazer

Se hoje já é sexta…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 janeiro 2018 às 14:50 — Sem comentários

FLORZINHA TETÉIA

Florzinha tetéia da ilha

Vejo quando teu olho brilha

Quando me vê na janela

Do apartamento onde moro

Porque sabes tu que te adoro

Cara redonda de mortadela

Não posso viver sem ti

E por isso estou aqui

Para dizer que te amo

A noite levanto pra mijar

E volto pra…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 janeiro 2018 às 10:02 — Sem comentários

O PRÍNCIPE ENCANTADO

É assim no embalo que vou

O sol que muito esquentou

Está derretendo até a alma

Acabei de chegar de Osório

No meu tranco simplório

Eu prefiro andar na calma

Peguei o cipó das três

E o namoro se fez

Em apenas uma piscadela

Na ocasião que me furta

Ela de saia…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 janeiro 2018 às 16:09 — Sem comentários

O PRÍNCIPE ENCANTADO

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 janeiro 2018 às 16:08 — Sem comentários

CABELOS LONGOS DE PRINCESA

Agora eu vou mergulhar

Talvez dormir e sonhar

Quem sabe mesmo acordado

Na frente de um computador

As pétalas de uma flor

Que nasceu do outro lado

Num lindo jardim de Veneza

Cabelos longos de princesa

Que a cortejei num certo bar

A cidade com seus…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 janeiro 2018 às 7:50 — Sem comentários

AGORA QUE VENHA O CARNAVAL

Entrei pra te dizer um oi

O réveillon já se foi

E antes disso o natal

Já se tinha ido a primavera

Houve a mudança de uma era

Agora que venha o carnaval

Vou botar meu bloco na rua

Todos sambando ao clarão da lua

Rompendo o mês de fevereiro

Temos praia sol e…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 3 janeiro 2018 às 19:41 — Sem comentários

A ROSA LOURA DA PAIXÃO

Eu antes bebia um pouco

Eu sempre fui meio louco

De jogar pedra em avião

A situação sempre foi falsa

Mas eu gostava de dançar valsa

Com a Rosa loura da Paixão

Esse era o nome dela

Do bairro a mais bela

Que se encarnou em minha vida

Cabelos longos até a…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 3 janeiro 2018 às 16:52 — Sem comentários

ÍNDIA MORENA

É assim mesmo que eu vou

Conforme Deus mandou

Dobrando as curvas da estrada

Talvez eu encontre alguém

Num lugar muito alem

Da floresta encantada

Uma índia faca na bota

Que em sonho ela me bota

Na terra fértil a capinar

No mundo de suas entranhas

E ainda me leva as…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 3 janeiro 2018 às 14:28 — Sem comentários

A FORMA DO AMOR

Encontrei—te lindamente

Eu tenho a semente

Pra plantar dentro de ti

Que gestará no ventre de voz

A descendência de nós

Olhando pra ti eu vi

És a forma do amor

Me perdoe pela dor

Que sentirás no parto

E te digo ainda

Serás a mãe mais linda

Alem das…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 2 janeiro 2018 às 10:41 — Sem comentários

DAQUI A POUCO EXPLODE

Daqui a pouco explode

E o mundo inteiro sacode

Está chegando à virada

O ano novo vem aí

E eu estou aqui

Pronto pra dar a largada

Vou pra rua vou pra praia

Eu quero cair na gandaia

Deixando a vida me levar

Irei sozinho só com Deus

Quero alguém nos braços…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 31 dezembro 2017 às 20:05 — Sem comentários

DE ACAVALO NUM COMETA



Ano novo vem chegando

Dois mil e dezoito se aproximando

E nós prontos pra receber

Com festança jubilosa

Uma virada muito gostosa

Hoje o chão vai tremer

Aos quatro cantos do planeta

De acavalo num cometa

Um ano novinho em folha

Menina não se vá…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 31 dezembro 2017 às 14:34 — Sem comentários

COMILANÇA DE ANO NOVO

Vamos á escrita de novo

Depois do suco e pão com ovo

Mas que mentira deslavada

Eu não comi nada disso

Ou poderia ser queijo e churiço

Ou ainda um doce de goiabada

Mas foi só mamão com cereais

Estou polindo os metais

Dos talheres e baixelas

Para o almoço de ano…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 30 dezembro 2017 às 9:50 — Sem comentários

A TODOS OS QUERIDOS AMIGOS DOS POETAS INDEPENDENTES REDE SOCIAL

QUE O ANO DE 2018 TRAGA A TODOS NÓS MUITA PAZ, SERENIDADE E A ESPERANÇA DE UM MUNDO MAIS JUSTO.
UM GRANDE ABRAÇO

Adicionado por NELSON RICARDO em 30 dezembro 2017 às 9:48 — Sem comentários

UMA GATA NO CIO

É a hora da semeadura

Queijo com rapadura

Arroba e meia de afirmação

A gata que está ao meu lado

É de um escuro prateado

Que chega com o verão

Bem na época do cio

Chega me dá um arrepio

Quando vejo seu rebolado

Ela acaba de tirar a saia

Toda bronzeada da…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 29 dezembro 2017 às 15:18 — Sem comentários

AS SEMENTES DO MUNDO

De volta à poesia

Pensando na água fria

Que desse do morro

No mato que vivo

Porque sou primitivo

Eu pulo eu corro

Sou da raça tupi

Mas também sou guarani

No mundo da história

Morri na guerra

Defendendo a Terra

Guardei na memória

A história do…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 29 dezembro 2017 às 7:52 — Sem comentários

UM CÁLICE DE ROMANTISMO

É hora do recomeço

E por favor sem tropeço

Fazer o serviço direito

Correr os dedos no teclado

Fazer um poema rimado

Que saia lindo e perfeito

Então vamos que o tempo é curto

Pois à luta não me furto

Com talento e inspiração

Boa dose de otimismo

E um…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 28 dezembro 2017 às 19:20 — Sem comentários

A DONDOCA DA ESQUINA

A coisa não é fácil não

Palpita o coração

Quando o dinheiro se vai

É tanta taxa daqui

E outras tantas dali

No bolso da gente nada cai

Mas não há de ser nada

Que nessa tarde ensolarada

A gente toma sorvete

E abre o cano de escape

Mensagem no whatsapp

Ou…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 28 dezembro 2017 às 15:41 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .



Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente


Prefiro ser um Assinante Mensal

Obras que indicamos

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço