Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Blog de NELSON RICARDO (3,901)

ANTES QUE CHEGUE A PRIMAVERA



Antes que chegue a primavera Com os nervos a flor da pele Por favor, não me rele

Que estou a ponto de estourar

Entristeço quando penso

Alcance-me daí esse lenço

Que eu acho que vou chorar



O tanto que tu magoou

Pois eu agora…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 15 maio 2018 às 18:29 — Sem comentários

NO BALANÇO DO NAVIO



Quando tudo ta por um fio O jeito é embarcar num navio Quando nada dá certo E a urucubaca invade

O negócio é chutar o balde

Mas ficar sempre esperto



E o navio balança pra lá

E depois balança pra cá

No pavor da tempestade

Ai então…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 15 maio 2018 às 17:03 — Sem comentários

O CHEIRINHO DA PIPOCA



A coisa vai andando

E eu fico pensando

Será que estou certo

Ou no caminho errado

Vivo um pouco atrapalhado

Mas quero estar sempre por perto

De quem dá-me a atenção

Sou escravo da paixão

Pela morena que me toca

O que eu falo por favor, marque

Vamos…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 14 maio 2018 às 20:27 — Sem comentários

SOU UM SERESTEIRO DA NOITE



O tempo vai girando E meus cabelos branqueando E eu pergunto; o que que é isso Queria ficar eterno

Já risquei o meu caderno

Não quero nada de compromisso



Não vim aqui a trabalho

Apenas quebrar o galho

Ou então fazer…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 11 maio 2018 às 18:30 — Sem comentários

SOL MORENA

a>

Abriu-se um sol encantador

Que chegou distribuindo amor E semeando os raios da igualdade Logo a noite veio a lua E eu saí pra dançar na rua

Explodindo em…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 11 maio 2018 às 16:00 — Sem comentários

O PERFUME DE TUA FLOR



Assombro-me com teus beijos

Se não compras os meus queijos

Não comprarei teu sorriso

Precisamos de dinheiro

E eu do teu corpo inteiro

E a serpente bate o guizo

Falando que é pecado

Estou dando-te o recado

Que pecado é não desfrutar

Das coisas belas da…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 11 maio 2018 às 11:40 — Sem comentários

ENCONTRO FURTIVO



Pois então eu sei que te conheço

Também sei que não te mereço

Mas eu queria apenas um beijinho

Assim num encontro furtivo

No sistema indígena primitivo

Sempre sonho com teu carinho

Depois que cheguei do exterior

Minhas intenções são todas de amor

Quando te vi…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 11 maio 2018 às 1:38 — Sem comentários

AUSENTE DE TI



Ausente de ti

Porem agora estou aqui

Na frente da teve

Assistindo músicas de retretas

E escrevendo com todas as letras

Pra dizer que eu amo você

E que o amor que sinto

Falo a verdade não minto

Ele nasceu pra ser eterno

E eu tenho plena certeza

Que nosso…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 10 maio 2018 às 20:23 — Sem comentários

RIOS DE AMOR E PAIXÃO



Que coisa mais relaxante Olhar uma pedra de diamante Ouvindo músicas com passarinhos Pio pio pra cá pio pio pra lá

E eu fico do lado de cá

Mexendo com meus dedinhos



Num teclado de computador

Pensando no meu grande amor

Que foi um dia…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 9 maio 2018 às 19:23 — Sem comentários

PORTO ALEGRE DE MARIO QUINTANA



Andei por de mais à pé Em cada esquina um café Restaurantes e bares Com mesinhas na calçada

Da Rua da Praia sempre lotada

Belos pássaros pelos ares



O arzinho fresco e bons ventos

Porto Alegre dos velhos tempos

Praça Quinze,…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 8 maio 2018 às 23:15 — Sem comentários

UM PÁSSARO POETA



Lá vai o pássaro que voa

Estou pensando a toa

Que aquele pássaro sou eu

Eu vôo nas asas dele

Porque estou sempre com ele

No destino que Deus me deu

Eu sou o pássaro que passa

Quero pousar numa praça

Que tenha uma enorme platéia

Transfigurar-me em…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 8 maio 2018 às 15:15 — Sem comentários

QUANDO ELA DESCEU A RAMPA



O meu olho turvava

Quando aquele navio cruzava

A ponta do arpoador

Eu vi a moça na janela

Por Deus que reconheci a bela

Era a deusa meu grande amor

Que vinha vindo pra ficar

E na hora de atracar

A beira quase que caio

Quando ela desceu a…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 7 maio 2018 às 16:18 — Sem comentários

TERNO SORRISO DE AMOR



Manhã mui calma e serena

Quando brota da alma o poema

Que coisa muito louca

Depois de noitada e meia de amor

Na praia com muito calor

Mandando beijos na boca

Porque namorar e preciso

Sem perder o juízo

E se perder que seja um pouquinho

É que a vontade…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 7 maio 2018 às 10:09 — Sem comentários

COMO UMA PANDORGA AO VENTO



De noite me rolo na cama Acontece que o sono não me chama E eu fico mergulhado na insônia Vagando e viajando no tempo

Como uma pandorga ao vento

Que vem da Amazônia



Então levanto para escrever

Não sei se quero esquecer

Ou então…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 maio 2018 às 23:14 — Sem comentários

A REPÓRTER DE CAMPO

De vagar com a poesia

Evitando correria

Mas pelo amor de Deus

Vê se não para

Bota sangue na cara

Não brinca com os brios meus

Flamengo e Internacional

Jogando no monumental

Estádio do Maracanã

Intervalo em zero a zero

Esse placar eu não quero

Vou comer uma maçã

Enquanto a noite não chega

Daqui a pouco pão com manteiga

E queijo com mortadela

Depois de um pacote de pipoca

A repórter de campo carioca

Ai meu…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 maio 2018 às 18:00 — Sem comentários

EM NOME DO NOSSO AMOR



Sinto saudades dos teus cabelos

Aqui, envio-te os meus apelos

Que voltes, pois quero rever

O teu corpo lindo e sedutor

Será que ainda posso chamar de amor

Quem deu-me tanto prazer

Que em troca dei-te carinhos

Duzentos milhões de beijinhos

Mas você deu pau em mim…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 maio 2018 às 21:40 — Sem comentários

FOTO DESBOTADA



Novamente cheguei cansado Atirei-me estatelado No catre onde durmo

Joguei a roupa ao chão

Depois de vestir o calção

Livrando-me do coturno



Que foi herança do quartel

Que na época eu colhia mel

Nas abelheiras da caserna

Isso à cinqüenta anos a traz

Pois a…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 maio 2018 às 18:30 — Sem comentários

NUM BARZINHO DO BOM FIM



Acabei de chegar do Bom fim

Foi mais ou menos bom pra mim

Bairro famoso de Porto Alegre

Estamos já no adiantado da hora

Noite escura lá fora

E eis o texto que segue

Um calor verdadeiro açoite

Num barzinho desses da noite

Comendo pitza com refrigerante

Um…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 maio 2018 às 1:00 — Sem comentários

BOÊMIO VAGABUNDO



Ai que saudade do meu mundo

Sou boêmio vagabundo

Morador do olho da rua

O fim de semana que chega

Vou dar de mão na minha nega

Pra bailar ao sabor da lua

Sou vinho verde português

Recebo por todo o mês

O meu salário de fome

Queimo tudo na cachaça

De…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 maio 2018 às 20:01 — Sem comentários

O TEMPO PASSA DE PRESSA



É claro que estou entendendo Que todo mundo estava vendo Como eu a novela das nove Numa noite tão calma

A emoção vem do fundo da alma

Ta nublado mas não chove



Amanhã é sexta feira

Lá se foi a semana inteira

Mais um fim de semana…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 maio 2018 às 0:06 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

Contribua com o site doando qualquer valor

cod banco 001
Ag 3567-X
C\C 385077
Favorecido Marcio Marcelo do Nascimento Sena
CPF 248.914.048-50 .

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço