Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Blog de NELSON RICARDO (4,027)

E POR FALAR EM ROMANCE





Uma música linda do passado Quando estou sentado A beira do computador Criando mais um poema

Com a alma serena

E desenhando uma flor



Que seria de maracujá

Das matas de Paquetá

Ou então da ilha do Amor

E por falar em…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 8 agosto 2018 às 11:11 — Sem comentários

O COMBATE DAS LETRAS





Cheguei meio tonto Já está tudo pronto Para o combate das letras Mais as notas musicais

Também as marchas de carnavais

Então que soem as trombetas



Eu sou do lápis e das canetas

Vivo curtindo as vinhetas

Da televisão que se faz…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 7 agosto 2018 às 19:09 — Sem comentários

A CÓPULA DO AMOR



Quando a vontade me bate

Eu compro e como um chocolate

Ou um bombom desses caseiros

Feito em cima do fogão

Chocolate derretendo no pão

Antes de nossos travesseiros

Caírem na cópula do amor

Sem anestesia e sem dor

Vou escorrer em sua boca

O líquido morno…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 agosto 2018 às 18:30 — Sem comentários

ATRÁS DO RABO DE SAIA



Cansado uma barbaridade De andar por essa cidade Correndo atrás de você Que depois de beijar-me a boca

Foge que nem uma louca

E eu não entendo por que



Se teus gemidos são de prazer

E sussurras a mais não poder

Depois avisa que vai ao…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 6 agosto 2018 às 15:59 — Sem comentários

AQUELE SEU BIQUINI





Que saudades de você meu amor Quero te encontrar seja onde for Pode ser na dor ou no prazer Porque a solidão me consome

E porque de ti eu sinto fome

E é uma fome que faz doer



Venha, e por favor não marque hora

Estou chorando ao romper…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 5 agosto 2018 às 21:35 — Sem comentários

A COR DOS TEUS OLHOS VERDES



A cor dos teus olhos verdes

Que mata a minha sede

Quando tuas lágrimas descem ao peito

Naquele sacolejar do avião

Sentindo o calor a paixão

Ofereces os beijos que aceito

No romance de nós dois

Mas digo-te que depois

Da bendita aterrissagem

O quarto de…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 4 agosto 2018 às 17:33 — Sem comentários

NO TABULEIRO DA MARMELADA



A poesia contemporânea Vem da onda subterrânea Um carro a trezentos por hora E a menina com oito aninhos

Que já aprendeu dar passinhos

Tomar suco de amora



No tabuleiro da marmelada

Tem queijo com goiabada

E sorvete com bom…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 3 agosto 2018 às 17:58 — Sem comentários

UM MOSTEIRO ABANDONADO



E agora o que é que eu faço Pra ganhar o teu abraço Quando o dia escureceu O sol a muito que entrou

E a noite sorrateira já chegou

Agora eu quero o beijo meu



Pra quebrar toda essa solidão

Que machuca meu coração

Com seu punhal…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 1 agosto 2018 às 19:42 — Sem comentários

SOLIDÃO



Ai meu Deus que cansaço

Estou errando o paço

Daqui à pouco vou ao chão

Porque borracho estou

Nem sei pra onde vou

Estou à caminho do Japão

Ou do Rio de Janeiro

Quero estar no carnaval de fevereiro

Estou cansado de pagar imposto

E bater em porta em vão

Porque…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 31 julho 2018 às 17:33 — Sem comentários

TUDO A PARTIR DE DUM BOMBOM

Quando te encontrei na esquina Com teu corpo ainda de menina Nossa paixão foi crescendo Ficou do tamanho do mundo

E o amor se tornou profundo

E hoje continua acontecendo



Porque o fermento era bom

E aí dividimos um bombom

Entrelaçando nossos…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 30 julho 2018 às 18:23 — Sem comentários

MINHA AMADA SOLIDÃO



A coisa não é fácil não

Aminha amiga solidão

Diz que está sempre do meu lado

E isso é a pura verdade

Mas na verdadeira realidade

Sou por ela apaixonado

Acho que a solidão me ama

Dorme comigo na cama

Aturando minhas chatices

Ela com todo aquele…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 30 julho 2018 às 12:10 — Sem comentários

NO CÁLICE DO TEU AMOR



Cheguei com dor de cabeça E antes que o corpo adormeça Quero embalar-me em tua rede Para dormir nos braços teus

Quero envolver-te nos beijos meus

É do teu amor que sinto sede



Sentir o roçar de tua boca

Onde minha alma muito louca

Faz…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 27 julho 2018 às 20:20 — Sem comentários

O PUNHAL DA TRAIÇÃO



É hora de rever a gata Aquela que me maltrata Achando que tem razão Anda toda bonitona

És para mim a melhor persona

Que mora no meu coração



Mas que pula a janela do peito

Crava o punhal do seu jeito

Dançando nas noites da balada

E…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 26 julho 2018 às 21:29 — Sem comentários

A FOFOCA CONTAMINA



Ando bastante cansado Pra não dizer todo quebrado E comendo o pó do asfalto Já não sirvo mais pra nada

Aquela morena encantada

A mesma do salto alto



Coisa linda jóia rara

Deu-me um tapa na cara

Mandou-me criar vergonha

Diz que…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 26 julho 2018 às 17:38 — Sem comentários

POEMA DA INSÔNIA



Já que não tenho sono Sozinho como um cão se dono São vinte e três e quarenta e cinco Então eu ligo o computador

Quem sabe pra falar de amor

De baixo do barraco de zinco



Ao lado do catre de solteiro

Parece que meu travesseiro

Está com…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 26 julho 2018 às 1:33 — Sem comentários

A VALSA ANTIGA



E eis que chego do alto Levantando nuvens de asfalto No meu motociclo veloz A mais de trezentos por hora

Eu te respondo e agora

Energia do amor entre nós



Com a semente da amizade

Ao lembrar sinto saudade

Dos tempos em que eu era…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 24 julho 2018 às 15:19 — Sem comentários

A VBAL

Adicionado por NELSON RICARDO em 24 julho 2018 às 15:16 — Sem comentários

A VBAL

Adicionado por NELSON RICARDO em 24 julho 2018 às 15:16 — Sem comentários

A CORTINA DOS TEUS OLHOS



Olhando para os teus olhos menina Como um abrir de cortinas De uma mocinha tão sabida Com apenas oito aninhos de idade

Que trouxe para mim felicidade

O combustível de minha vida



Mexe com os remos seu remador

Eu sou um navegador

Que viajo…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 17 julho 2018 às 14:37 — Sem comentários

PELAS NUVENS DE ALGODÃO



Nas asas daquele avião Pelas nuvens de algodão Vou eu surfando ao Léo Divertindo-me bastante

Com a tromba do elefante

Que vem descendo do céu



Um pulinho e estou…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 16 julho 2018 às 20:30 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço