Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!

Blog de SAN ALAX (31)

Formas Masculinas

O homem é felino

É apetite sedutor

A beleza se conta

Mas aquela perfeita

A que vem de dentro

Podem ser vaidosos

Mas não precisa ser

Um deus grego,

Tem que ser original,

Tem que ser ele mesmo,

O mecânico pode ser atlético

O medico menos encorpado

O homem não se mede por profissão

É notado pelo sabor de sua razão

Branco, pardo, mulato,

Brasileiro ou estrangeiro

É jovem, meia idade?

Só sei que aos olhos…

Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 24 dezembro 2016 às 13:57 — Sem comentários

Me estranho!

Na noite reclamo

Do frio de escândalos!

Aonde meu corpo gela,

Petrificando o chão que piso!

Me estranho!

Com os sons do vento

Com o ambiente escuro

Como lapide vazia!

Me estranho!

Quando ando pelas ruas,

Vou a destino inimaginável,

A longa distância...

Totalmente inerte a resistências...

Deslizo no chão que criei quando nele pisei!

Chego ao fim de uma rua!

Ouvi gritos de dor,

Clamor...

Sai correndo em lutas…

Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 24 dezembro 2016 às 13:56 — Sem comentários

Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 26 junho 2014 às 21:22 — Sem comentários

Quando você olha para o céu seus olhos emitem o brilho das estrelas... E quando eu olho para você meus olhos emitem seu brilho... Que brilho! O brilho dos seus olhos, cabelos e de seus lábios! Mas se…

Quando você olha para o céu seus olhos emitem o brilho das estrelas...

E quando eu olho para você meus olhos emitem seu brilho...…

Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 2 outubro 2013 às 0:42 — Sem comentários

Quero ir

Ir aonde você esta,

Dar o que não posso falar,

Sentir seu coração acelerar,

Voar com a imaginação

E refletir em cada olhar

Em cada gesto a te tocar!

Quero ir meu amor

Além da montanha

Acima do arco-íris

Tornar-me luz solar

Para todas as manhãs

Seu rosto tocar.

Quero ser a rosa mais bela

Para quando o vento passar

Levar a suavidade perfumada

Do amor que sinto por você

De saber o quanto

Faze-me feliz por existir!

Quero ser… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:42 — Sem comentários

Sou eu

Pequena mulher

Buscando além

Das ondas do mar

Amor para doar

Sou eu

Simples na vida

Aonde minha riqueza

Não se esconde

É viva como meu sangue

A latejar pois é riqueza

Que vem de dentro

Para corresponder

A quem estiver

Do outro lado

Das ondas do mar

Sou eu assim

Imperfeita como todo

Mortal...

Mas que guarda o dia

Em que atravessarei as ondas

E lá minha riqueza vou

Encontar e desfrutar

Com o doce… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:41 — 1 Comentário

Pensamentos

Mesmo antes de deitar-me

Sinto seu cheiro pelo ar

Mesmo quando me deito

Sinto seu calor em meu corpo

Repousando de um dia longo

Refrescando-se em meu amor...

Meus pensamentos delirantes

Faz-me sentir suas mãos

Percorrendo meu corpo em

Leves toques de desejos,

Sua face, seu olhar penetrante,

Sua respiração ofegante dos

Prazeres de uma noite cheia de dengos,

E meus pensamentos criam alma

E mesmo sabendo que esta tão distante

São reais… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:40 — Sem comentários

Se o sol

For mais forte que meu amor
O mundo pega fogo em segundos,
Tudo que sinto nem os astros podem
Decifrar tão pouco sentenciar,
Ele é vivo e quente
É luz transparente...
Extravasa mais rápido que a velocidade
Da luz que ilumina as noites...
Se o sol
Reluz raios confortadores
Eu me sinto o astro do amor
Pois da mesma semente que se criou
O sol e as estrelas
Foi criado meu amor
Por você.

San Alax

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:40 — Sem comentários

Quando pensei

Quando pensei

Que um dia seria pouco

Quando imaginei

Que os segundos não valiam

Quando dei asas à imaginação

Das incertezas,

Quando por pequenos motivos

Reclamei minha existência nesta terra

Dando-me por ninguém...

Você meu amor apareceu

Como o anjo da luz...

Trouxe a certeza que cada minuto

È mais precioso que o diamante lapidado,

Que cada minuto vale por uma existência

E sem reclamar ao vento tristezas...

Mas sim poder dizer minha…

Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:39 — Sem comentários

Formas Masculinas

O homem é felino

É apetite sedutor

A beleza se conta

Mas aquela perfeita

A que vem de dentro

Podem ser vaidosos

Mas não precisa ser

Um deus grego,

Tem que ser original,

Tem que ser ele mesmo,

O mecânico pode ser atlético

O medico menos encorpado

O homem não se mede por profissão

É notado pelo sabor de sua razão

Branco, pardo, mulato,

Brasileiro ou estrangeiro

É jovem, meia idade?

Só sei que aos olhos femininos

Isso é o que… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 3 agosto 2011 às 23:38 — Sem comentários

Minha alma poetaÉ penetrar no abismo mais profundo!É vagar por veias que aos olhos se perdem!Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!É me ver nas cores, n…

Minha alma poeta



É penetrar no abismo mais profundo!

É vagar por veias que aos olhos se perdem!

Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!

É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!

É me ver nas cores, nas fotos em fatos vividos...

Ou apenas sonhados em noites calmas ou de tormentas!

Sou como fogo, como água, como o vento,

Ou apenas restos de mágoas!

Posso ser o sorriso, a pedra ou a sola do seu sapato!

Pois sou poesia da…
Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 6 fevereiro 2010 às 0:52 — Sem comentários

Minha alma poetaÉ penetrar no abismo mais profundo!É vagar por veias que aos olhos se perdem!Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!É me ver nas cores, n…

Minha alma poeta



É penetrar no abismo mais profundo!

É vagar por veias que aos olhos se perdem!

Aonde a fala não pronúncia, apenas sente!

É viagem com idas e vindas dentro do meu eu!

É me ver nas cores, nas fotos em fatos vividos...

Ou apenas sonhados em noites calmas ou de tormentas!

Sou como fogo, como água, como o vento,

Ou apenas restos de mágoas!

Posso ser o sorriso, a pedra ou a sola do seu sapato!

Pois sou poesia da…
Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 6 fevereiro 2010 às 0:47 — Sem comentários

QUERIA SER FORTE!QUERIA SER FORTE PRA TE ESQUECER!NUNCA MAIS QUERER TE VER!QUERIA SER FORTE!TIRAR-TE DO MEU MUNDO DO MEU ALCANCE!FAZER-TE APENAS QUALQUER MOMENTO!AQUELE QUE SE VIVE SEM SENTIR SEM VER…

QUERIA SER FORTE!



QUERIA SER FORTE PRA TE ESQUECER!

NUNCA MAIS QUERER TE VER!

QUERIA SER FORTE!

TIRAR-TE DO MEU MUNDO DO MEU ALCANCE!

FAZER-TE APENAS QUALQUER MOMENTO!

AQUELE QUE SE VIVE SEM SENTIR SEM VER

SEM JAMAIS TER OUVIDO!

QUERIA SER FORTE!

DE NUNCA IMAGINAR SEUS OLHOS

DE QUERER SEUS ABRAÇOS

DESEJAR DEITAR AO SEU LADO!

QUERIA SER FORTE!

ARRANCAR DO MEU PEITO TUDO QUE SENTI

DE JOGAR FORA TUDO QUE EU VI…
Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 6 fevereiro 2010 às 0:46 — 1 Comentário

ILUSÃO

ME FIZESTE MIL PROMESSAS!

PALAVRAS DOCES GESTOS CLAROS!

SE DOOU AOS MEUS ABRAÇOS!

ME FEZ MULHER!

ENCHI-ME DE ILUSÃO!

DOEI-TI MEU TUDO,

E O QUE NADA TINHA!

ENTREGUEI MEU CORAÇÃO!

AGORA?

VEJO-ME DEITADA

COM DOR DO QUE LEVASTE

PARTES QUE MANTINHAM ESTE CORPO

EM SOBRIEDADE!

AS ESPERANÇAS MEUS DESEJOS,

MINHA VIDA POR INTEIRO!

NADA BATE, NEM RIMA!

MEU CORAÇÃO FOI CARREGADO!

ME ILUDE COM SUAS PALAVRAS

E DE COMO… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 9 julho 2009 às 22:54 — Sem comentários

MINHA ALMA GÊMEA

EM IDENTIDADE E DIGITAIS
SOMOS DIFERENTES
CORPOS DISTINTOS
DE ALMAS SEMELHANTES
SOMOS GÊMEOS
METADE QUE ME COBRE
SEM DISTINÇÃO
ME ACOBERTA EM VALOR
COM A MAIOR DAS RAZÕES
AMOR SINGELO
SE FAZ O NOSSO
VIEMOS A TERRA
CUMPRIR UMA MISSÃO
REVELAR NOSSOS SEGREDOS
COM APROVAÇÃO
CUMPLICES NOS TORNAMOS
E PRA SEMPRE SEREMOS
ALMA DA MESMA ALMA


SAN ALAX
16/04/09

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:15 — Sem comentários

POR QUANTAS VEZES?

DEIXAMOS NOS LEVAR PELOS LAMENTOS,

POR QUANTAS VEZES CAIMOS AO CHÃO

POR MEDO DE DECOLAR, ALÇAR VÔOS

COM TANTAS LIÇÕES PRESENCIADAS

EM NOSSO DIA A DIA, AINDA ASSIM

COMETEMOS OS MESMOS ERROS

NOS FAZENDO PERNAS DE METAL

SERES DE CHUMBO

POR MEDO DE LUTAR POR UM IDEAL.

NÃO SERIA MAIS FÁCIL USAR A MENTE

E CONFIAR MAIS EM DEUS?

CRIAR ASAS COMO AS ÁGUIAS

QUE SE MANTÉM NO AR?

SE ORIENTARMOS NOSSAS MENTES

COM PENSAMENTOS… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:14 — Sem comentários

É NOITE

OUÇO OS RUMORES DO VENTO

CARREGADO DE BRISA FRIA

SEM TALENTO

VOU VAGANDO PELAS RUAS

SEM RUMO CERTO

ENTRANDO NOITE ADENTRO

VEJO CORPOS PERDIDOS,

EM TRANSE INCONTIDOS,

CLAMANDO A DOR DO FRIO

RUMORES DO VENTO QUE

SURDO AOS LAMENTOS,

LEVA BRISA FRIA A CADA ROSTO

CORPOS CONGELADOS,

EM GRITOS DESCONSOLADOS

SEM SOCORRO OU PIEDADE

VAGANDO DE UM LADO A OUTRO,

PARO POR UM MOMENTO

VENDO A ENTREGA DE DOIS CORPOS

EM… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:14 — Sem comentários

COMO MÁGICA

NA MADRUGADA ME ENCONTREI,
PERDIDA EM VOCÊ!
MEUS OLHOS FECHEI,
PRA SENTIR SEU CORAÇÃO,
ELEVEI MEUS BRAÇOS
PRA TOCAR CORPO SEU,
MAS NADA SENTI, NEM OUVI
VOLTANDO AO MEU PRESENTE,
ABRI OS OLHOS SÓ VI REFLETORES,
RUAS DESERTAS, MUNDO FECHADO.
OLHAVA POR TODOS OS LADOS
MAS NADA PRESENCIEI!
DA MAGIA QUE VIESTE,
NA MESMA DESAPARECE
DEIXANDO-ME INERTE,
VENDO SOMENTE
MINHA SOMBRA AO CHÃO.

SAN ALAX
05/02/09

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:13 — Sem comentários

NOITE EMBRIAGADA

QUE ME LEVAS TODO DIA,

A SEGUIR A SINFONIA

DOS ENCANTOS CONCEDIDOS,

MÚSICAS QUE TOCAM

E COM VOZES SE MISTURAM,

OLHO DE UM LADO A OUTRO

E ME EMBEBEDO NA LOUCURA

CURVO MEUS OLHOS,

EM BUSCA DE AVENTURA,

BEBO O GOLE DE UM CALICE,

QUE LOGO ME ENCEDEIA,

O CORPO EM CHAMAS TE BUSCA

E TE ENCANTA,

POIS FAZES PARTE DESTE MUNDO,

ME PEGA EM SEUS BRAÇOS

LEVANDO-ME AO DESCONHECIDO...

PRA ONDE VAMOS É MISTÉRIO,

MESMO ASSIM… Leia Mais

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:12 — Sem comentários

NA PENUMBRA DO MEU QUARTO

ESTOU COMPLETAMENTE SÓ!
OLHO PROS LADOS
E NADA FAZ SENTIDO,
BUSCO UMA META
UM CONFORTO,
OU MESMO UM OMBRO AMIGO
MAS TUDO FOI PERDIDO, NEM MESMO
TEU ROSTO REFLETE EM MINHA MENTE
POIS A TANTO TEMPO SE FEZ AUSENTE...
BUSCO RUMORES E LADAINHAS
MAS NÃO OUÇO SE NÃO LÁGRIMAS MINHAS!
E CONTINUO AQUI,
SOZINHA!
NA PENUMBRA DO MEU QUARTO


SAN ALAX
03/08/06

Adicionado por SAN ALAX em 23 maio 2009 às 2:11 — Sem comentários

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2018   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço