Todas as mensagens do blog (33,850)


Autor
FEDERICO LANDAETA ESCRITOR EXTRAORDINARIO Y COMO UN PADRE PARA MI ESCRIBIÓ ESTO LÉANLO, Y BENDICIONES PARA EL.

Cuando un músico nace, trae consigo todo el bagaje musical acumulado a través de su existencia... durante vidas y vidas cultivando el arte maravilloso de los acordes y la armonía…

Imagen relacionada

Eso es lo que vemos cuando viene a este mundo un Wolfgang Amadeus Mozart, (Austria 1756-1791) que tocaba violín a los tres años de edad y sustituyó a uno de los músicos de…

Leia Mais

Adicionado por MARIO ROLANDO VIDES ALVARADO em 22 junho 2017 às 19:01 — Sem comentários


Autor
MORENA FLOR

Cantando na chuva ou no sol

Eu vi um pé de gira sol

Que brotava no meio do nada

Eram os teus olhos morena

A matéria prima deste poema

Eu te quero como minha namorada

Para esquentar o meu corpo

Pois necessito to teu conforto

Dia e noite e noite e dia

Nas…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 22 junho 2017 às 16:30 — Sem comentários


Autor
ESTRELA CADENTE

Tudo bem muito bonito

Eu chego com o intuito

De ganhar-te como presente

Acho você linda de mais

Tão brilhosa como os vitrais

Ou até uma estrela cadente

Que calor que neste instante eu sinto

Que eu queria tomar um cálice de absinto

Para ver se pego no tranco…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 22 junho 2017 às 14:53 — Sem comentários


Autor
LÁGRIMAS DE AMOR

Pois é, os caminhos têm espinhos

Mas também têm passarinhos

E flores na primavera gentil

Os caminhos têm o fogo do inferno

Agora estamos no frio do inverno

Principalmente no sul do Brasil

E gelado está o meu corpo

Pela falta do calor do conforto

Que você deixou…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 22 junho 2017 às 10:42 — Sem comentários


Autor
CABELOS ENCARACOLADOS

Com essa beleza pura

Um belo pote de candura

Cabelos encaracolados

Antes que o sol desapareça

Eu mergulho de cabeça

Com os lábios ressecados

Pra te pegar na rede

Quero matar a sede

Do doce mel dos teus beijos

Balsamo nobre do prazer

Vamos juntos…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 21 junho 2017 às 16:59 — Sem comentários


Autor
O FRUTO DOS SONHOS

Se o pensamento vai pro ar

Então que eu me ponho a sonhar

Mesmo que acordado esteja

O sonho se reproduz na tela

E eu curto a vida tão bela

O coração pulsa e lateja

Vontade de sair pra fora

O que a razão não ignora

E a gente então enlouquece

E solta o verbo…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 21 junho 2017 às 11:08 — Sem comentários


Autor
DOCINHO DE COCO RALADO

Sem música eu prefiro

Pra digitar que me refiro

Com a inspiração lá do fundo

E um chazinho de hortelã

Também com cascas de romã

Não tem coisa melhor no mundo

A não ser estar ao teu lado

Docinho de coco ralado

Das minhas noites de inverno

Deus me livre…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 junho 2017 às 18:21 — Sem comentários


Autor
ETERNAMENTE MINHA

Vou empreender uma viajem

Se de fato ou miragem

Isso eu não sei te dizer

Minha nave está esperando

E eu já vou embarcando

Só pra ir te conhecer

Ou melhor, eu já te conheço

Só não sei se te mereço

Quero bancar o bonzinho

Eu vou em busca de paz

Porque…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 junho 2017 às 16:20 — Sem comentários


Autor
HISTÓRIA QUE NÃO FINDA

Vou chegando de mansinho

Percorrendo o meu caminho

Para chegar perto de ti

Já encosto meu carrão

Na frente o teu portão

Pronto, já estou aqui

Tu cuidas de mim na porta

Leva a mão ao cabelo e solta

Que fica pra mais de linda

Que sempre você…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 20 junho 2017 às 10:52 — Sem comentários


Autor
JURAS DE AMOR

De volta então à escrita

Por que agora me palpita

Que a inspiração desceu

Estou fazendo o meu relato

Com pipoca quente no prato

Porque foi o frio que apareceu

O inverno batendo a porta

Mas nada disso importa

Se meu cobertor é de orelha

Coisa cheirosa e…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 19 junho 2017 às 18:12 — Sem comentários


Autor
PLANETA SEM DONO

Estou num silencio profundo

Aqui no começo do mundo

Deste planeta sem dono

Da humanidade sem rumo

Que sempre leva fumo

E rodopia ao abandono

De um coisa que não tem jeito

De um algo que foi mal feito

E agora conserto não mais tem

Todo mundo manda um…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 19 junho 2017 às 13:14 — Sem comentários


Autor
SE CHEGO EM CASA CANSADO

Se chego em casa cansado

Coloco um disco usado

Dos anos setenta e poucos

Dos longos cabelos compridos

Música romântica aos meus ouvidos

Cantada por três ou quatro loucos

E quando a noite chega

Pego no colo minha nega

E me tranco nos aposentos

Aí então…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 19 junho 2017 às 4:30 — Sem comentários


Autor
CAMINHADA

Caminhada

Percorrendo as estradas, vivi e sobrevivi aos tortuosos e dolorosos espinhos lançados ao chão.

Poetei minhas dores versei as alegrias, voando nas asas da imaginação, repousando no colo da ilusão

Tropeços, quedas, desilusão, todas reunidas no fundo da alma, me fizeram forte, corajosa e impulsionaram - me avante

Como Dom Quixote vesti a armadura de ferro, enfrentei meus medos, travei batalhas com meus fantasmas, e ignorei as pontes carcomidas pelo…

Leia Mais

Adicionado por RENY LIMA UNTONE em 18 junho 2017 às 20:49 — Sem comentários


Autor
Seu beijo

Seu beijo é mais lindo que o mar, seu beijo é mais doce que o mel. Te abraço e o tempo parece voar, teu beijo tem gosto de amor, então me beije por favor…

Adicionado por ALBINO JOSE FERREIRA em 18 junho 2017 às 14:06 — Sem comentários


Autor
TO CANSADO PRA BURRO

To cansado pra burro

Hoje só dei murro

E apanhei da própria vida

Agora desacorçoado

Estou aqui sentado

Lambendo a dor da ferida

Recebi o meu salário

Reparei que sou otário

Que sou pouco mais que nada

Pois dei duro a vida inteira

E sem um vintém na…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 17 junho 2017 às 21:10 — Sem comentários


Autor
MEIO DIA E DEZ

Agora são meio dia e nove

Acho que tão sedo não chove

Ta fazendo um calouraço e tanto

Eu peço, uma música, por favor

Romântica que fale de amor

Que então eu visto meu manto

De bonzinho e carinhoso

Desses metido a gostoso

Segundo meu amigo espelho

Carrego no…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 17 junho 2017 às 14:03 — Sem comentários


Autor
Sou como uma flor



Com o tempo vai exalando

Seu perfume, agradando alguns

Com sua beleza e muitas vezes

Sendo insuportável seu perfume.

E assim o tempo vai deixando em mim

A beleza do sorriso as vezes alegres,

Outros tristes, vou guardando na alma

Cada detalhe daqueles que passam

Pelo meu…

Leia Mais

Adicionado por M. do carmo de assis em 16 junho 2017 às 21:42 — Sem comentários


Autor
DOCE QUE NEM MERENGUE

Senta-te ao computador

E degusta dessa flor

Já temperada no prato

Com sal, vinagre e pimenta

Vai que teu organismo agüenta

E depois apresenta um relato

Que tu és macho de primeira linha

Aí então pede pra tua rainha

Que te faça um pouco de dengue

Peça…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 16 junho 2017 às 18:58 — Sem comentários


Autor
O CHINELO VELHO DA VIDA

Há de dar certo se Deus quiser

Não sou um pau seco qualquer

Eu me alimento de brotos de flor

Minha casa é um barraco mal feito

Vivo no mundo de qualquer jeito

O que importa é que tenho amor

Por alguém que cuida de mim

Foi para explicar tudo que vim

Dizendo…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 16 junho 2017 às 12:12 — Sem comentários


Autor
O MENESTREL REI DA RUA

Ando triste amargurado

Pelo mundo abandonado

Sem um teto pra morar

Vestindo trapos imundos

Protótipo dos vagabundos

Dormindo ao relento do luar

Pelas ruas e praças da vida

Porque sua amada querida

Meteu-lhe um pé na bunda

E colocando na rua da…

Leia Mais

Adicionado por NELSON RICARDO em 15 junho 2017 às 18:56 — Sem comentários

Tópicos do blog por tags

Arquivos mensais

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

1999

0201

Anuncie seu Livro aqui - Clik na imagem da capa

Novidade : Click no botão abaixo...

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

Obras que indicamos

Elemento ar

Preço: id="old-price-14">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-14">R$25,00

Do princípio ao fim

Preço: id="old-price-20">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-20">R$25,00

II Antologia Beco dos Poetas

Preço: id="old-price-2">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-2">R$25,00

Elemento água

Preço: id="old-price-17">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-17">R$25,00

Coletânea Especial II e III Antologia dos Poetas

Preço: id="old-price-3">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-3">R$25,00

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço