Olá meus Amigos e Amigas do Portal Poetas Independente é com muita alegria que a partir de agora todos os textos publicados em nosso site estão elegíveis para publicação bastando para isso indicar o link do texto no formulário em seu perfil para que seja analisando e caso seja aprovado publicado será mais uma etapa de nosso movimento que cresce a cada dia grato a todos




Autor
Maroel da Silva Bispo
Compartilhar

Fãs do trabalho de Maroel da Silva Bispo

  • elabora textos

Presentes recebidos

Presente

Maroel da Silva Bispo ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Maroel da Silva Bispo

Informações do Perfil

Apresente-se
Militar aposentado, teólogo, licenciado em Letras e aluno de Psicologia pela Universidade Estadual de Feira de Santana-BA. Amante da leitura e da poesia; possuo mais de 120 poesias e apenas um conto.
O que o motivou a criar sua pagina ?
Tornar público aquilo que inquieta minha alma, expresso em textos que me acalma em alguns momentos e em outros me tira o sono e a paz. Mundos em guerras; batalhas travadas entre palavras que brigam entre si.
Como Conheceu o Beco ? (visível apenas administrador)
Navegando na rede.

Blog de Maroel da Silva Bispo

Poemeto

Todo minha dor, toda minha angústia,
todo meu tormento,
Por todos os caminhos, por todos os
atalhos, me reinvento.
De tudo que vi, perplexo, inerte e
até louco, quase me tornei,
Então, ensimesmado, de todos fugi,
apunhalando a sombra, me matei.
A totalidade do ser me constitui
sujeito, completo,
Os fragmentos da alma se perdem,
logo ali, no eu discreto.

Postado em 12 julho 2017 às 20:58

Não sou pausa

Não sou pausa, nem reticências ou ponto final
Não sou pretexto de uma estória ou algo causal
Sou uma simples corrente que tudo represa
Sou a dúvida, não-razão, a luz da incerteza
Meu silêncio é maior do que o teu grito
Um bramido que clama, se queixa do não dito
E assim se funde a palavra na voz do poeta
Assevera o texto nú e crú de uma alma inquieta

Postado em 4 janeiro 2017 às 16:33

Poesia: O grito

Gritou tanto contra os raios de sol
Queixou-se demais para ficar logo só
Enfim, hibernou de tristeza e adoeceu
Foi assim. Calou-se, e o dia não amanheceu

Postado em 30 dezembro 2016 às 19:39

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Às 2:49 em 18 dezembro 2016, Marcio Marcelo do Nasc.Sena disse...

Seja Bem Vindo !!!

 
 
 

Antologias (impressas) Abertas participe gratis






Novidade - Publicar seu texto em Antologia Gratis

Caros Amigos e Amigas do Beco dos Poetas \ Poetas Independente venho participar um projeto que a muito idealizávamos publicarmos gratuitamente nossos autores com essa ideia iniciamos o projeto meus poemas uma nova plataforma e com a adesão de 50 Autores que produziram perto de 700 textos elaboramos quatro antologias gratuitamente e já estamos selecionando novos textos queremos vocês conosco nessa nova etapa precisamos criar sua pagina na rede www.meuspoemas.com.br para que nos envie seus textos informações antologia@becodospoetas.com.br ac\ Maria Jeremias assunta criar perfil meus poemas

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço