Autor
Elaine Bueno
  • 61, Feminino
  • Minas Gerais
  • Brasil
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Agenda Cultural
  • Grupos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Fãs do trabalho de Elaine Bueno

  • Newton Emediato Filho
  • Ubiracy Olimpio da Silva
  • JUNIOR OMNI
  • Cláudio Manero
  • Elcio José de Moraes
  • Luciah López
  • rosa maria sousa borges
  • Ana Felix Deva Garjan
  • Rachel Dias de Moraes
  • roberto romanelli maia
  • JoaquimAfonso Fernandes Oliveira
  • carmita lira
  • Poeta Malume do Brasil.
  • LUIZ ALBERTO MACHADO
  • Arthur Jaak Wilfrid Bosmans

Presentes recebidos

Presente

Elaine Bueno ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Elaine Bueno

Informações do Perfil

O que o motivou a criar sua pagina ?
Ter maior contato com pessoas literatas.
Ter mais informações a respeito da publicação de livros.

Caixa de Recados (12 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Às 2:18 em 21 agosto 2009,
Autor
Luiz de Almeida
disse...
Dileta Elaine:
Parabens. Que todos os fluídos Místicos e Divinos estejam direcionados para a Tua Pessoa para que Você:
ESTEJA E SEJA E FIQUE FELIZ!
Abraços terno e fraterno
Luiz de Almeida - http://literalmeida.blogspot.com
Às 0:00 em 19 agosto 2009,
Autor
carmita lira
disse...
Às 16:53 em 24 julho 2009,
Autor
Cláudio Manero
disse...
E aí, mineira, diga-me: como estás? Cada vez que leio o seu comentário sobre o poema que fiz e os seus lindos versos, sinto que estamos no caminho certo. Um abraço e Muiiiiitão de Sucesso!!!

Bjs
Às 11:06 em 18 julho 2009,
Autor
rosa maria sousa borges
disse...


amo-te mais do que um poeta podia descrever
com a sua pena d'ouro mais preciosa;
mais do que um pintor podia pintar
com o mais romântico dos cenários;
mais do que um escultor podia talhar
no mármore mais macio de sua selecção;
mais do que um fotografo podia captar
no momento mais único,
e maravilhoso deste mundo;
mais do que um cantor podia entoar
com a mais tocante das canções.

É o que eu sinto,
é o que eu sinto por ti:
uma amor épico
que já mais alguém superará,
um amor que sinto,
quando olho, no fundo
de teus belos olhos
e vejo a paixão
que floresce a cada batimento
de teu doce coração.
E meu amarga, quando
na tua presença não está,
meu coração perde a força,
meus olhos se fecham;
meu sorriso se apaga;
mas não meus ouvidos,
que enquanto deitado
na pedra fria e áspera,
esperam ouvir tua suave voz
para de novo despertar meu coração
da eterna solidão.

Eu amo-te
eu vou amar-te
e so a ti amarei,
até que os anjos
me venham buscar,
por ti e por teu amor vivo,
e apenas por ti
deste mundo partirei.

Às 4:00 em 13 julho 2009,
Autor
Ana Felix Deva Garjan
disse...


Olá Elaine, vim trazer-lhe esse meu convite!
Abraço, Ana Felix Garjan
Às 16:42 em 11 julho 2009,
Autor
Cláudio Manero
disse...
É isso aí...Q bom Q gostou do poema... Outra hora a gente compartilha mais.

Bjs
Às 6:20 em 11 julho 2009,
Autor
LUIZ ALBERTO MACHADO
disse...
Olá, pessoamigalinda, bom dia. Obrigado por seu apoio e por ser bom demais ter você por aqui, obrigado. Vamos juntos.
Ah, lembrando aquele convite: estou no Domingão do Faustão. Para conferir e votar é só acessar: http://domingaodofaustao.globo.com/Domingao/Garagemdofaustao/0,,16989-p-V1065104,00.html
Beijabrações & tataritaritatá!!!!
www.luizalbertomachado.com.br
Às 0:25 em 11 julho 2009,
Autor
Cláudio Manero
disse...
Oi! Gostei da poesia! Leia as minhas.
Às 12:13 em 9 julho 2009,
Autor
LUIZ ALBERTO MACHADO
disse...
DESEJO

Letra & música de Luiz Alberto Machado

Quero ficar no seu coração
E assim poder sonhar
Toda aventura que pintar da emoção
Todo fervura que brotar da sua mão
Para iluminar a reticência que aprumou a minha vida
E um dia ser feliz e nada mais
Quero ficar no seu coração
E assim me agasalhar
Do frio impune que semeia a solidão
E feito imune repetir a sensação
Que vai para lua na volúpia mais fervida
E um dia ser feliz e nada mais
E quando o jeito de você virar absoluta adoração
Será o véu perfeito e a ternura abraçará minha ilusão
Quero o meu destino a confundir-se com o seu
E sermos um, o que a sina prometeu
E o que sobrar de nós será um ninho verdadeiro
E um dia ser feliz e nada mais

©Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. In: Primeira reunião. Recife: Bagaço, 1992.
www.luizalbertomachado.com.br
Esta canção está na Garagem do Domingão do Faustão. Para conferir e votar é só acessar;
http://domingaodofaustao.globo.com/Domingao/Garagemdofaustao/0,,16989-p-V1065104,00.html
Às 4:10 em 8 julho 2009,
Autor
Rachel Dias de Moraes
disse...
Obrigada pelas palavras!
 
 
 

Antologias (impressas) Abertas participe gratis






Novidade - Publicar seu texto em Antologia Gratis

Caros Amigos e Amigas do Beco dos Poetas \ Poetas Independente venho participar um projeto que a muito idealizávamos publicarmos gratuitamente nossos autores com essa ideia iniciamos o projeto meus poemas uma nova plataforma e com a adesão de 50 Autores que produziram perto de 700 textos elaboramos quatro antologias gratuitamente e já estamos selecionando novos textos queremos vocês conosco nessa nova etapa precisamos criar sua pagina na rede www.meuspoemas.com.br para que nos envie seus textos informações antologia@becodospoetas.com.br ac\ Maria Jeremias assunta criar perfil meus poemas

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente


Prefiro ser um Assinante Mensal

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço