Poetas Independentes

Publicando idéias...realizando sonhos !!!


Autor
Carlêda Cassimiro Santana
  • Feminino
Compartilhar

Presentes recebidos

Presente

Carlêda Cassimiro Santana ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Carlêda Cassimiro Santana

Últimas atividades


Autor
Posts no blog por Carlêda Cassimiro Santana

O Beijo

Lembro-me do dia que te conheci Confesso que fiquei toda sem jeito... Quando olhou pra mim e sorriu, Foi algo realmente marcante...Eu já sabia que não resistiria a você Levou-me a sentir coisas que há tempo já não sentia... Simplesmente surreal e marcante... Naquele momento quis você pra mim...E em pensamentos desejei seus lábios junto aos meus Então você me beijou Os seus beijos me…Ver mais...
7 Abr, 2017

Autor
Posts no blog por Carlêda Cassimiro Santana

Meu Eterno Caipira

Meu eterno caipiraLá no sertão A labuta é grande no dia a dia, Mas o caipira não desiste.O sol impiedoso racha o chão. Enquanto o caipira lavra a terra E para o seu sustento caleja as mãos.O suor escorrendo no rosto Sorriso tímido na face aparece. Faz tudo com tanto amor Que até parece uma prece.E aquele caipira que lavra a terra Todos os dias pede para Deus abençoar Para que em casa não venha nada faltarSaudade daquele caipira Que no sertão de Goiás Calejou suas pobres mãosPra sua filha…Ver mais...
5 Abr, 2017

Autor
Posts no blog por Carlêda Cassimiro Santana

A graça além do riso

A graça além do risoLá vem o palhaço com a sua cura O seu riso solto e sem censura Coloca sobre o público a sua graça.O riso vai virando risada A risada gargalhada, E sobre eles a sua cura.Olha que nem é loucura...É lá no palco não entra em crise Reinventa o riso E olha que nem tem reprise.A plateia vai perdendo o ar Porque os risos já não conseguem controlar O riso solto, livre e…Ver mais...
4 Abr, 2017

Autor
Carlêda Cassimiro Santana é agora um membro de Poetas Independentes
26 Mar, 2017

Informações do Perfil

Apresente-se
Carlêda Cassimiro Santana, 28 anos, Goiânia-Go.
Sempre gostei, escrever sem medo de expressar meus sentimentos..
Sou uma exploradora de minha própria mente...
O que o motivou a criar sua pagina ?
O prazer em escrever
Deixe a URL de seu Site ou Blog ? Ficará visivel e se desejar divulgue o nosso link em seu Site ou Blog.
http://www.poetaindependente.com.br
Como Conheceu o Beco ? (visível apenas administrador)
Alguns anos já publiquei nele, agora resolvi voltar a escrever.

A graça além do riso

A graça além do riso

Lá vem o palhaço com a sua cura
O seu riso solto e sem censura
Coloca sobre o público a sua graça.

O riso vai virando risada
A risada gargalhada,
E sobre eles a sua cura.

Olha que nem é loucura...

É lá no palco não entra em crise
Reinventa o riso
E olha que nem tem reprise.

A plateia vai perdendo o ar
Porque os risos já não conseguem controlar
O riso solto, livre e sincero,
Mesmo que não seja eterno.

Do palco faz o seu mundo
E do mundo faz o seu palco
Porque para ele
A graça vai além do riso.

Autora: Carlêda Cassimiro Santana 23/03/2017

Blog de Carlêda Cassimiro Santana

O Beijo

Lembro-me do dia que te conheci

Confesso que fiquei toda sem jeito...

Quando olhou pra mim e sorriu,

Foi algo realmente marcante...

Eu já sabia que não resistiria a você

Levou-me a sentir coisas que há tempo já não sentia...

Simplesmente surreal e marcante...

Naquele momento quis você pra mim...

E em pensamentos desejei seus…

Leia Mais

Postado em 5 abril 2017 às 17:11

Meu Eterno Caipira

Meu eterno caipira

Lá no sertão

A labuta é grande no dia a dia,

Mas o caipira não desiste.

O sol impiedoso racha o chão.

Enquanto o caipira lavra a terra

E para o seu sustento caleja as mãos.

O suor escorrendo no rosto

Sorriso tímido na face aparece.

Faz tudo com tanto amor

Que até parece uma prece.

E aquele caipira que lavra a terra

Todos os dias pede para Deus abençoar

Para que em casa não venha nada…

Leia Mais

Postado em 5 abril 2017 às 1:56

A graça além do riso

A graça além do riso

Lá vem o palhaço com a sua cura

O seu riso solto e sem censura

Coloca sobre o público a sua graça.

O riso vai virando risada

A risada gargalhada,

E sobre eles a sua cura.

Olha que nem é loucura...

É lá no palco não entra em crise

Reinventa o riso

E olha que nem tem reprise.

A plateia…

Leia Mais

Postado em 3 abril 2017 às 17:02

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de Poetas Independentes para adicionar comentários!

Entrar em Poetas Independentes

Às 23:21 em 11 abril 2017, Marcio Marcelo do Nasc.Sena disse...

Seja Bem vinda !!!

 
 
 

Copie e Cole em Seu Blog

Carregando...

© 2019   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

\uascript type="text/javascript">\udvar pageTracker = _gat._getTracker("UA-4958259-1");\udpageTracker._initData();\udpageTracker._trackPageview();\ud \ua!-- Add Message to Profile Pages --> \uascript type="text/javascript">\udx$(document).ready(function() {\udx$(".xg_widget_profiles_profile_show .xg_2col h1").after('\uadiv style="font-size:12px; background-color:#FFffFF; color:#000000; margin-top:15px; margin-bottom:15px; border:1px #333333 solid; padding:5px;" class="xg_module">\ua
\ua \ua
\ua/div>');});