Olá meus Amigos e Amigas do Portal Poetas Independente é com muita alegria que a partir de agora todos os textos publicados em nosso site estão elegíveis para publicação bastando para isso indicar o link do texto no formulário em seu perfil para que seja analisando e caso seja aprovado publicado será mais uma etapa de nosso movimento que cresce a cada dia grato a todos



Informação

POESIA E SEXO E PRAZER

Toda vida com amor se tem um prezer e a vida

e um amor para se ter com duas pessoas que se quer bem e viver com harmonia, sem preconceitos.

Sejam bem vindos ao grupo.

Membros: 49
Última atividade: 18 Jul

seios da vida

Dizer... so seus seios tambem dar vida..

no amamentar um ser..


Seios redondos e quentes,
Seios desnudos, frementes,
Colos de amor, exigentes.
Seios luxúria, vibrantes,
Seios gulosos, de amantes,
Dons de paixões escaldantes.
Seios crescidos, maduros,
Seios pujantes, seguros,
Sons de … desejos
Com afago de prazer

Me afago em delirio

sentindo o calor de dozela

me submiso no sabor na minha lingua

no aredondar de vabor

me estremeço sem equilibrio

mas acalmo no seu amor.


joseft

Fórum de discussão

Falar abertamente de sexo, poesia e prazer...Como é bom 3 respostas 

Sempre me achei um lerdo nessa forma de pensar. Achava eu que poesia obscena só deveria ser dita entre homens, ou entre homens e mulheres que compartilhavam daquilo, ou apenas, entre 4 paredes. Os…Leia Mais

Tags: prazer, e, poesia, Sexo

Iniciado por Josue Ramiro Ramalho. Última resposta de Eduardo Magiko 7 Fev, 2015.

Chamas 5 respostas 

Leia Mais

Iniciado por Josue Ramiro Ramalho. Última resposta de Josue Ramiro Ramalho 10 Out, 2011.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de POESIA E SEXO E PRAZER para adicionar comentários!


Autor
Comentário de Antonio Cícero da Silva(Águia) em 5 janeiro 2013 às 13:18


Autor
Comentário de Cláudia Valéria Miqueloti em 10 dezembro 2012 às 12:00

 

Provoque-me.

Sacie minha sede.

Domina-me.

Joga-me em sua rede.

 

Desfaça os laços.

Solte os botões.

Envolva-me em seus braços.

Vibre meus tendões.

 

Beije meu cabelo.

Morda minha boca.

Deixe-me mordê-lo

E arrancar sua roupa.

 

Toque-me.

Sacie minha libido.

Beije-me.

Arranque meu vestido.

 

Desfaça os pudores.

Solte seus desejos.

Envolva-me em seus lábios tentadores.

Vibre com meus beijos.

 

Beije meu umbigo.

Morda meu pescoço.

Deite-se comigo.

E arranque o meu gosto.

 

Suga-me.

Sacie sua fome.

Preencha-me.

Grite o meu nome.

 

CHELLOT


Autor
Comentário de jose carlos tavares em 10 setembro 2012 às 16:38

Apagar comentário

Sentir sua lingua quente

me estremesse

fico tremulo de tezao

sinto um calor fervente

que acelera meu coração

sinto sua repiração acelerar

e seu corpo tremer...

ahhh

essa loga vontade de gozar...

que te deixa alucinada

preste a pipocar..

..ahahahha

 joseft...


Autor
Comentário de Jovenal Maloa em 2 agosto 2012 às 13:23

Dizer sem fundamentos práticos...

A vida amamenta no seio de uma mulher.

 

Seios perfeitamente redondos

Vulcânicos e quentes,

Seios desfraldados e desnudos

Arrebitados de desejos e frementes

Colos insaciáveis de amor

 Para não dizer barbaramente exigentes

Seios que carregam em si a luxúria

Assenhorando vibrantes mamilos brilhantes

Seios gulosos de serem comidos

 Em verdades descobertas por seus amantes

E em dons de paixões escaldantes.

Seios provam-se crescidos e maduros

Seios hiperbolicamente pujantes e seguros,

Melodias vagando sentires … no suor dos desejos

Com afago tremendo no amparo de tanto de prazer

Isso tudo sabem os que já foram homens de uma mulher…

 

(um novo texto por fugir do conteúdo acima por

(Lettya Nenny Shantaren, texto original  de joseft)

Me desfaleço em pensamentos em cada nosso delírio

Sentindo o calor da tua ponta seca negra

Rasurando a arte de amar na minha folha donzela

Me submeto ao sabor do teu corpo

Mapeando cegamente os traçados do teu corpo a minha língua

No arredondar de vapor que se deriva fogo de paixão

A cada estremeço meu sem equilíbrio nesse nosso lugar íntimo

Mas me acalmo em sonhos penetrados por ti meu amor.

 

 

Lettya Nenny Shantaren (heterónimo de JOVENAL MALOA)

II: (TEXTO ORIGINAL ESCRITO POR: joseft)


Autor
Comentário de Jovenal Maloa em 2 agosto 2012 às 13:16

nota mil o texto e mil desculpa pois fiz um versão corrompida do mesmo...


Autor
Comentário de Jovenal Maloa em 2 agosto 2012 às 12:15

VIAJANDO EM PENSARES CÚMPLICES DE UM GRANDE SEGREDO
Rasgamos desesperadamente o nosso íntimo
Entre as muralhas de vergonha seculares desfraldadas do nosso quarto
Agora que nos despimos somos fofocas das paredes
Já que para elas expusemos a nudez desenvergonhados dos nossos beijos
E já que elas falam, falarão dos beijos trocados neste erótico retracto
E dos muitos segredos nossos contados dentre as quatro

Abrem-se cortinas rotas das nossas vergonhas
Tremem elas mutuamente no nosso estrondoso tesão
E na luz turva dos nossos corrompidos olhares
Vejo rachas no tecto falso, clarifica-se a turves nosso tesão
E enquanto contraem-se os alicerces, masturban-se as paredes
Que já sentem a libertação das nossas peçonhas

E de tanto tesão o chão encamado esta molhado
Os lenções testemunhas do nosso pecado amarotados de prazer
No fogo da nossa paixão que também molha o soalho
Descobrem-se mais segredos, a porta gemi roçando chão
E no teu estrondoso orgasmo expulsa de dentro de ti o sémen na minha ejaculação
Racha-se a vergonha daquele falso tecto dentro das nossas corrompidas almas
Numa agressão muito calma…
Agora nos com as paredes e os tectos
Somos cúmplices de um grande segredo.


POR: JOVENAL MALOA


Autor
Comentário de jose carlos tavares em 23 maio 2012 às 22:15

Sentir sua lingua quente

me estrenesse

fico tremulo de tezao

sinto um calor fervente

que acelera meu coração

sinto sua repiração acelerar

e seu corpo tremer...

ahhh

essa luga vontade de gozar...

que te deixa alucinada

preste a pipocar..

..ahahahha

 

jc...

 


Autor
Comentário de Su Aquino em 5 maio 2012 às 18:14

Prateados Desejos

Perfeição em todos os detalhes.

Da cabeça aos pés feito para me enlouquecer.

Cada pedaço de você que não me canso de despir.

Pelo mapa do seu corpo faço meu caminho.

Minhas mãos a afundar em seus cabelos.

Prateados meus macios desejos...

Nos pêlos do seu corpo meu refugio.

Nos seus enigmáticos olhos somente anseios.

Mãos feitas para o carinho.

Pele sussurrando ao meu toque.

Homem caminhando em meus sonhos despido.

Possuindo seu Ser o vento do meu desejo.

http://youtu.be/PRL0DvCFITE
 

Série Bruxo

 


Autor
Comentário de Su Aquino em 23 março 2012 às 9:39

                                                   Sina
                           Tocamos-nos como em um sonho.

Embriaguez de perfumes

O cheiro dos corpos se misturando.

Enchendo o ar com som de vozes se deleitando.

Idioma recordado de outros mundos

 Derramar de desejos, lambuzando os corpos.

Brilhando a cada toque.

Rastros pelo tempo.

Palavras escritas, sobre a pele tatuadas.

Dores da sina dos amantes, que se buscam alem do tempo.

 

Série Bruxo

 


Autor
Comentário de jose carlos tavares em 14 março 2012 às 22:15

 

Golden By The Sun IV

 SEU...E MEU GOSTO

 

SENTI SEU CHEIRO

SENTI SEU MELADO

ENTRE AS PERNAS

SOU VERDADEIRO

JA BASTANTE ERETO

OFERENDO ELE AO SEUS LABIO MOLHADO

QUE APROVA COM GULUDISE

APROVANDO O SSABOR

DE DESEJO DE SE SASTIFAZER

CHU,CUPA SEM PARAR

PEDINDO TAMBEM UMA PENETRAÇÃO

COM FRIÇÃO

E SOCADAS FORTE

PARA TE REALIZAR

E TE DAR PRAZER

E CUGAR MEU MEL

SEM AMARGA SEU EGO

DE MULHER AMANTE

DO SEXO E DESEJOS...

 

JC...

 
 
 

Antologias (impressas) Abertas participe gratis






Novidade - Publicar seu texto em Antologia Gratis

Caros Amigos e Amigas do Beco dos Poetas \ Poetas Independente venho participar um projeto que a muito idealizávamos publicarmos gratuitamente nossos autores com essa ideia iniciamos o projeto meus poemas uma nova plataforma e com a adesão de 50 Autores que produziram perto de 700 textos elaboramos quatro antologias gratuitamente e já estamos selecionando novos textos queremos vocês conosco nessa nova etapa precisamos criar sua pagina na rede www.meuspoemas.com.br para que nos envie seus textos informações antologia@becodospoetas.com.br ac\ Maria Jeremias assunta criar perfil meus poemas

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço