Olá meus Amigos e Amigas do Portal Poetas Independente é com muita alegria que a partir de agora todos os textos publicados em nosso site estão elegíveis para publicação bastando para isso indicar o link do texto no formulário em seu perfil para que seja analisando e caso seja aprovado publicado será mais uma etapa de nosso movimento que cresce a cada dia grato a todos



Informação

Pensamentos Poéticos

Site: http://www.literaturaperiferica.com.br
Membros: 39
Última atividade: 16 Jun



Biografia

  

Elizaete Ribeiro. Poetisa e Contista. Nasceu na cidade de Açailândia - Maranhão, em 14 de abril de 1979. Residente em São Paulo, Capital desde 2002. Acadêmica do Curso de Letras e Estudante de Música. Publicou nas Antologias de Poemas: Ecos da Alma e O Segredo da Crisálida (Editora Andross); na 5ª Antologia de Poemas Lembranças ao Vento e I Seletiva - Amor à Poesia (Beco dos Poetas & Escritores); e na Antologia WAF 2011 (Editora Corpos, Porto - Portugal). Primeira publicação solo: A Sombra do Coração, também pela Editora Corpos, Porto - Portugal.

 

 

Contato com a autora:

elizaeterib@hotmail.com

Twitter: @Elizinhab612

Perfil Beco dos Poetas

Boa Leitura !!!

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Pensamentos Poéticos para adicionar comentários!


Autor
Comentário de Jamaveira em 26 fevereiro 2012 às 11:22

O mar e Eu

Observando ao longo do mar
na solidão do entardecer
vi crescer entre as ondas
o navio das ilusões...
De pronto embarquei


Jamaveira®


Autor
Comentário de jose carlos tavares em 8 outubro 2011 às 15:08

 

Tentei dar-te uma rosaporem voce a recusou insisti em tom de prosa e voce relutou mas a rosa nao muchou ela tornou como voce uma PERFUMADA ROSA..   jc...


Autor
Comentário de Alberto Ativista em 25 setembro 2011 às 17:03
Mais poesia aos ouvidos cansados...

Autor
Comentário de Elizaete Ribeiro em 22 setembro 2011 às 18:50
Olá amigos poetas e poetisas!

Autor
Comentário de Fátima Batista em 26 agosto 2011 às 7:04

Mudança

 

Mude de ar

mude de terra

mude de vida

só não mude a crença

que se pode ser feliz!

 


Autor
Comentário de S Oliveira em 13 agosto 2011 às 22:49

Síndrome de Peter Pan

 

Nas manhãs prateadas de minha infância,

Enquanto os pássaros cantavam celebrando a vida,

O tempo passava... Não devia!

Passava sem se importar comigo!

 

Enquanto as flores desabrochavam para um novo dia,

O tempo passava... Não devia!

... sem se importar comigo!

 

Aquelas manhãs prateadas aqueciam meu coração infantil...

Mas o tempo passava... Não devia! Não devia!

... sem se importar comigo!

 

Ignorando os apelos do meu  estar

O tempo levou para muito longe, as manhãs prateadas!

Restou-me o por do sol... Um por de sol sombrio...

 

Quando percebi... O tempo havia passado a infância não existia mais,

A noite chegou trazendo a lua e suas fases,

A vida e suas faces...

 

Shirley Cristina


Autor
Comentário de Miguel Piçarra em 11 agosto 2011 às 16:34
AGRADECIMENTO

Por um benefício, oferta
Ou algum gesto amável,
Temos uma palavra certa,
Que numa entoação afável,

Dirigimos a esse alguém,
Jamais devemos olvidar
A nossa gratidão e bem
E desta forma demonstrar

A nossa satisfação
E reconhecimento,
Com muita gratidão,

O nosso agradecimento
Deve sair do coração,
Como um novo evento!...

Autor
Comentário de Donizete Alves em 11 agosto 2011 às 9:22

Miguel, parabéns pelo poema AMOR.

Um GRANDE abraço e muita paz!


Autor
Comentário de Elizaete Ribeiro em 10 agosto 2011 às 19:11
"Somos a terra ardente que no peito late
Somos o queijo, sabor de limão
E as rosas no inicio do botão
Somos o que somos, e não abrimos
mão."
Elizaete Ribeiro

Autor
Comentário de Miguel Piçarra em 8 agosto 2011 às 8:59
AMOR

O colectivo de todos os sentimentos,
Aquele que abrange todo o nosso ser,
Aquele que nos escolta nos momentos
Em que carecemos de ajuda para viver;

Esse nobre ensejo que enche todo o ser,
Esse possante ardor que acalenta a alma,
Que nos dá aprazimento e nos faz padecer
Que num momento nos dá raiva e acalma,

Quando os sentimentos andam em turbilhão
E já não sabemos o que imaginar ou compor,
Existe, em nós, uma força, vinda do coração,

Que não dá para, nem queremos, esconder;
Essa é a força, intensa e imensa, do Amor
Que imana do mais íntimo do nosso ser!...
 
 
 

Antologias (impressas) Abertas participe gratis






Novidade - Publicar seu texto em Antologia Gratis

Caros Amigos e Amigas do Beco dos Poetas \ Poetas Independente venho participar um projeto que a muito idealizávamos publicarmos gratuitamente nossos autores com essa ideia iniciamos o projeto meus poemas uma nova plataforma e com a adesão de 50 Autores que produziram perto de 700 textos elaboramos quatro antologias gratuitamente e já estamos selecionando novos textos queremos vocês conosco nessa nova etapa precisamos criar sua pagina na rede www.meuspoemas.com.br para que nos envie seus textos informações antologia@becodospoetas.com.br ac\ Maria Jeremias assunta criar perfil meus poemas

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente


Prefiro ser um Assinante Mensal

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço