Informação

Grupo Troca de Poesias

Esse grupo é para os amigos trocarem poesias e publicar em seus blogs.

Uma forma de ampliar o leque de amizades e conhecer o trabalho literário do outro e vice-versa.

Por isso compartilhe, o grupo é nosso!

Site: http://www.becodospoetas.com.br
Local: http://www.becodospoetas.com.br/groups/group/new
Membros: 98
Última atividade: 16 Jun

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Grupo Troca de Poesias para adicionar comentários!


Autor - Patrono
Comentário de Marcia Portella em 1 fevereiro 2016 às 14:48

Alda,também sou de Goiânia e estou no Beco dos Poetas a muitos anos...É um ótimo site, uma editora de pessoas competentes e sérias...Já entrei em várias antologias sem problema algum...Acredito que está no lugar certo...Abraço


Autor
Comentário de Alda Inacio em 31 janeiro 2016 às 23:56

Quando escrevemos um livro queremos que outros saibam. quero conhecer outros poetas e seus livros, quero divulgar e quero que conheçam a novidade que eu criei. Já viu um poema Equacional? Tente conhecer um visitando meu site e eu gostaria de poder ir a Sampa fazer uma palestra no Beco, quem sabe. Sou de Goiânia. Adorei entrar aqui.


Autor
Comentário de Maria Iraci Leal em 29 julho 2015 às 15:19

 Marcia Portella 

Muito grata querida Marcia, muita saudade, conversávamos todos os dias. grande beijo, MIL.


Autor - Patrono
Comentário de Marcia Portella em 27 julho 2015 às 1:01

Mil bela homenagem a nossa amiga Mel...Aonde ela estiver saberá que é lembrada


Autor
Comentário de Maria Iraci Leal em 26 julho 2015 às 23:57

PARA MINHA INESQUECÍVEL E AMADA AMIGA ANNA MEL...


Autor
Comentário de Edson Lukeny Sequeira Silestre em 20 novembro 2014 às 14:19

Tirou o fato e a gravata e lembrou-se do tempo que era gente

Gente como aquela gente

Que á muito esquecida na sua mente

Podre e demente

 

Mente demente apodrecida

Por já não se lembrar dos valores

Que aprendera com aquela gente

 

Valores de gente, gente honesta e decente

Decente mas esquecida naquela mente

 

Honestas mas sem os valos monetários

Que para aquela mente, demente

Eram os únicos valores que tinham valor

Eram a alegria insana, do finalmente

Finalmente esse que veio de um caminho pouco ou nada decente

 

Será que os fins justificam os meios

Para uma mente podre e demente, sim

Fins justificam meios e meios não justificam fins.


Autor
Comentário de Marta Paes em 29 março 2013 às 9:50

A poesia nos faz caminhar por estradas emocionais. Parabéns pela nobre inspiração.  Abraço poético 


Autor
Comentário de Nice Ventura em 28 março 2013 às 11:40


Autor
Comentário de Eudalia Alves Martins em 31 janeiro 2013 às 23:08


Autor
Comentário de Maria Iraci Leal em 31 janeiro 2013 às 22:58

 
 
 

Anuncie seu Livro aqui - Clik na imagem da capa

Novidade : Click no botão abaixo...

Este site é gerenciado pelos administradores e mantido por seu membros muito obrigado por sua colaboração !

Ajude a manter o site em funcionamento faça uma doação de qualquer valor
.

Ou se preferir torne-se um assinante permanente contribuindo anualmente com o valor de R$15,00

Assine : R$15,00 - Anualmente

Obras que indicamos

Elemento ar

Preço: id="old-price-14">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-14">R$25,00

Do princípio ao fim

Preço: id="old-price-20">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-20">R$25,00

II Antologia Beco dos Poetas

Preço: id="old-price-2">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-2">R$25,00

Elemento água

Preço: id="old-price-17">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-17">R$25,00

Coletânea Especial II e III Antologia dos Poetas

Preço: id="old-price-3">R$35,00

Preço Promocional: id="product-price-3">R$25,00

© 2017   Criado por Marcio Marcelo do Nasc.Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço